Comprar Criptomoedas
Pague com
Mercados
NFT
New
Transferências
English
USD

Guia Essencial sobre Tokens com Alavancagem da Binance

2020-05-31

Uma posição tradicional alavancada tem o potencial de gerar melhores retornos. Entretanto, os usuários estão expostos ao risco de liquidação. Dessa forma, existe um trade-off entre a tolerância de um usuário em relação ao risco de ser liquidado vs. seus possíveis ganhos. 

Os Tokens Alavancados (LT) simplesmente eliminam o trade-off e permitem que os usuários obtenham exposição alavancada sem se preocupar com o risco de liquidação ou com o gerenciamento de uma posição alavancada.

Os LTs ganharam popularidade devido a esse recurso inovador. Entretanto, eles geraram certa confusão entre os usuários. Historicamente, LTs têm um histórico ruim em termos de retornos a longo prazo, quando comparados aos produtos tradicionais de alavancagem. 

Apesar de suas falhas, os LTs continuam atraindo uma grande quantidade de usuários no mundo todo. Sendo assim, a Binance tem trabalhado em torno dos principais problemas dos tokens com alavancagem e lançou os Binance Variable Leveraged Tokens (tokens com alavancagem variável - BLVT). 

O que são os Tokens com Alavancagem Variável da Binance?

Os BLVTs foram projetados para abordar os problemas enfrentados pelos usuários ao fazer trades com alavancagem tradicional de tokens. Ao contrário dos LTs convencionais, os BLVTs não mantêm uma alavancagem 'constante'. Em vez disso, os BLVTs mantêm um intervalo de alavancagem variável alvo entre 1,5x e 3x. 

Os BLVTs estão disponíveis para trading no mercado spot da Binance e acompanham os contratos perpétuos de BTC na Binance Futures. Atualmente, os BLVTs são oferecidos em dois tipos: BTCUP e BTCDOWN. 

  • O BTCUP gera ganhos com alavancagem entre 1,5 e 3x quando o preço do Bitcoin sobe. 

  • Por outro lado, o BTCDOWN permite ganhos com alavancagem quando o preço do Bitcoin desce.

Um BLVT rastreia as alterações no valor nocional das posições de contratos perpétuos e ajusta a alavancagem. 

Por que fazer Trades usando BLVTs e não LTs?

Existem várias vantagens dos BLVTs em relação aos LTs tradicionais: alavancagem variável, balanceamento, liquidez e taxas. 

1. Alavancagem Variável vs. Fixa

Atualmente, o produto LT mais popular promete uma alavancagem constante de 3x, o que significa que os usuários podem receber o triplo do retorno. Por exemplo, se o BTC valorizar 5%, o LT deve gerar um retorno de 15% ao usuário.

Vamos considerar um exemplo para entender como funciona a alavancagem constante em um Token com Alavancagem:

  1. Suponha que o ativo subjacente e um LT 3x tenham, inicialmente, um valor de $100 cada. 

  2. No dia 1, o valor do ativo subjacente sobe 5%, portanto, o LT 3x sobe 15%

  3. No dia 2, o valor do ativo subjacente cai 5%. Da mesma forma, o valor do LT diminui 15%.

O P&L resultante de ambos os ativos em T+2 será o seguinte:

Como podemos ver, o preço do ativo subjacente quase não se altera, enquanto o LT 3x perdeu mais de 2% do seu valor inicial. A situação mostrada aqui é conhecida como volatility drag (arrasto de volatilidade). Volatility drag é o impacto prejudicial a longo prazo que a volatilidade tem sobre o investimento. Quanto maior a volatilidade e maior o espaço de tempo, mais prejudicial tende a ser o impacto.

A maioria dos usuários de tokens com alavancagem não está ciente dos perigos inerentes aos LTs. Em particular, usuários não estão cientes de como a alavancagem ‘constante’ de um LT afeta os retornos a longo prazo. Especialmente em mercados onde os preços são consolidados por um período maior. 

Vamos supor que o exemplo anterior ocorra por um longo período (365 dias de trading), onde os preços do ativo permanecem estáveis e voláteis em uma faixa de +5%/-5%. Vamos analisar o impacto no valor de ambos.

Este exemplo ilustra como o efeito do "volatility drag" pode afetar o retorno total em um mercado com movimentos laterais. Isso é devastador para os usuários que compraram e mantiveram o LT 3x, pensando que seria um reflexo perfeito do ativo subjacente. 

Os BLVTs foram criados para resolver esse problema, através da redução do impacto do "volatility drag", mantendo uma alavancagem alvo variável de 1,5x a 3x. BLVTs são menos impactados nos mercados com movimentações laterais (side-ways markets) e tendem a ter um desempenho melhor com o momento do mercado, à medida que os preços se movem em uma direção. Entretanto, seu valor não sofre um impacto tão grande das flutuações do mercado.

Isso significa que, durante um período de tempo considerável, o valor de um BLVT não tende a 0. Portanto, a longo prazo, BLVTs tem uma probabilidade maior de performar melhor em relação aos LTs tradicionais. 

2. Balanceamento

LTs aumentam ou diminuem sua exposição no ativo subjacente para atingir a alavancagem alvo do dia. Conforme o preço do seu ativo sobe, ele assumirá um número maior de posições. Da mesma forma que, quando os preços caem, haverá uma redução das posições. Isso também é conhecido como "Rebalancing" (rebalanceamento). LTs tradicionais precisam ser rebalanceadas todos os dias para manter a consistência de seus objetivos.

Suponha, por exemplo, que um LT 3x tenha um Valor Patrimonial Líquido (NAV - Net Asset Value) de $100 milhões. Conforme seu objetivo, o LT mantém uma exposição total de $300 milhões no ativo subjacente. 

Agora, vamos imaginar que o ativo subjacente gera um retorno de 5%. Aqui explicamos como os LTs conduzem o balanceamento diário: 

  • Como os preços aumentaram 5%, o valor de sua exposição aumentou de $15 milhões para $315 milhões. Como resultado, o LT terá um ganho de $15 milhões e seu NAV um aumento de $115 milhões

  • Como a exposição total é agora de $315 milhões e seu NAV é de $115 milhões, o LT não está mais com alavancagem de 3x e podemos dizer que a exposição total e o NAV agora apresentam um desequilíbrio, um em relação ao outro. 

  • No fim das contas, o LT deve se reequilibrar comprando uma exposição adicional de $30 milhões, aumentando a exposição total para $345 milhões, ou 3x o NAV.

Da mesma forma, à medida que o preço do ativo subjacente diminui, o LT diminui sua exposição e se reequilibra para manter sua alavancagem constante de 3x.

Essencialmente, se os usuários mantiverem a posição por mais de um dia, seus níveis de exposição poderão aumentar ou diminuir de forma drástica, afetando seu investimento inicial.

LTs tradicionais são programados para efetuar esse rebalanceamento em horários programados (diariamente). Por serem totalmente previsíveis no rebalanceamento, os LTs são suscetíveis ao front-running. Traders de alta frequência e que fazem uso de arbitragem podem prever resultados de trades e gerar lucros. 

Por outro lado, os BLVTs não são forçados a buscar o balanceamento, a menos que as perdas sejam extremas. Na verdade, os BLVTs irão balancear apenas as posições necessárias para maximizar a lucratividade nas subidas e minimizar as perdas nas descidas, evitando a liquidação. Isso significa que flutuações ‘normais’ no mercado não causarão rebalanceamentos e o valor do token manterá sua correlação com o valor do ativo subjacente.

3. Liquidez de Mercado

A Binance será a exclusiva fornecedora e emissora de liquidez dos BLVTs, o que significa que os usuários poderão comprar tokens por preços justos e se o fornecimento de tokens se esgotar, a Binance irá injetar capital, criará mais tokens e os venderá no mercado aberto. Isso garante que os usuários possam negociar seus tokens com eficiência e executar suas ordens a um preço aceitável.

Além disso, a Binance garante que os BLVTs estejam sempre disponíveis para compra e venda por um valor de até 10% do NAV. Não haverá nenhuma 'expropriação de preço' ou qualquer coisa do tipo - nenhum BLVT estará disponível para venda no mercado Binance fora desses rigorosos limites de preço.

4. Transações e taxas relacionadas

Os Tokens com alavancagem da Binance oferecem taxas mais baixas em relação a outros tokens com alavancagem. Os BLVTs cobram uma pequena taxa diária de gerenciamento de 0,01%, com uma taxa anualizada de apenas 3,5%. As taxas de gerenciamento de outros tokens com alavancagem chegam a 0,03%.

Usuários dos BLVTs podem optar por sair de suas posições vendendo o token no mercado Spot ou podem resgatá-los pelo valor de mercado em seu NAV. Para essas operações, taxas correspondentes de trading e de resgate serão aplicadas. Os usuários podem resgatar tokens a qualquer momento. Entretanto, geralmente esse é um processo mais caro do que a venda no mercado Spot e não é recomendado durante os períodos normais de trading.

Existem três tipos de taxas relacionadas aos BLVTs: taxas de trading, taxas de resgate e taxas diárias de gerenciamento. 

Taxas

Definição

Taxas de Trading

As taxas de trading são cobradas na compra ou venda de tokens no mercado spot e a tabela de tarifas é idêntica à do spot trading.

Taxas de Resgate

As taxas de resgate são cobradas quando os usuários optam pelo resgate dos tokens. Atualmente são fixas de 0,1% a cada resgate.

Taxas de Gerenciamento

Uma taxa de gerenciamento diária de 0,01% ou mais, dependendo do token, será cobrada e refletida diretamente no NAV.

Além disso, os usuários devem observar que as posições alavancadas subjacentes dos BLVTs carregam uma taxa de financiamento. Essas taxas são pagas para o fundo subjacente com base na taxa de captação e são refletidas diretamente no valor líquido do ativo. A Binance não cobra nada pelas transferências de taxas de financiamento; esta negociação ocorre diretamente entre os traders.

Resumo

Quando comparados aos tokens com alavancagem existentes, os tokens com alavancagem da Binance são uma ferramenta de investimento mais segura a longo prazo. As inovações dos BLVTs foram criadas para lidar com as questões controversas dos tokens com alavancagem tradicionais, protegendo os usuários do impacto prejudicial a longo prazo dos LTs tradicionais.

Embora os BLVTs não substituam a posse de ativos no mercado spot, eles ainda são uma opção razoável para holding a longo prazo. Se os usuários forem capazes de prever corretamente as movimentações do mercado, eles geralmente ganharão mais dinheiro fazendo trading de BLVTs. Os BLVTs oferecem muitas alternativas viáveis para amplificar os lucros, colocando menos capital em risco e aumentando as chances de lucro mesmo em momentos de fortes movimentações de mercado.