Compre Cripto
Pagar com
Mercados
NFT
Feed
Downloads
English
USD

Os NFTs estão sacudindo o mundo da arte digital

2022-07-26

Principais Tópicos do Post:

  • Os NFTs estão mudando a maneira como colecionamos, fazemos e desfrutamos da arte.  

  • Os NFTs estão dando aos artistas mais oportunidades diretas e liberdade de se conectar com entusiastas e compradores interessados.  

  • Além de tornar possível a propriedade de obras de arte digital, os NFTs também tornaram a arte mais acessível – graças aos marketplaces, como a Binance NFT.  

Graças à obra "Todos os dias: os primeiros 5000 dias", do artista Beeple, o conceito de NFT e arte digital ficou estampado nas principais manchetes internacionais. A arte, criada por Mike Winkelmann (conhecido como Beeple), é uma colagem de 5.000 imagens digitais feitas para a sua série "Everydays", criada ao longo de 13 anos e meio. A criação foi vendida na Christie's (maior casa de leilão do mundo) por um preço modesto: apenas US$ 69 milhões.

Se antes deste evento os artistas tinham dificuldades para manter a autenticidade de suas obras digitais, agora, com o advento dos NFTs, eles podem colocar todas as informações de propriedade e direitos autorais na blockchain, e criar oportunidades sem limites para suas criações.

Neste post, você entende mais sobre artes em NFT e como elas estão sacudindo o mercado.

O que é arte NFT? 

Tokens não-fungíveis (NFTs) são tokens criptográficos, emitidos na blockchain, para representar ativos digitais únicos, como obras de arte, músicas ou colecionáveis. Cada NFT tem um identificador próprio que os distingue de demais criações. Isso significa que eles não podem ser alterados ou reproduzidos, como geralmente acontece com imagens comuns da internet. A arte NFT é uma peça de arte digital tokenizada em uma rede de blockchain, que também funciona como prova de propriedade e autenticidade da obra. 

Não-fungibilidade, uma mudança no jogo para os artistas digitais

Os NFTs não são fungíveis porque cada um deles é um bem digital único, que não pode ser trocado ou replicado. Por exemplo, um Bitcoin é fungível, pois você pode trocar um BTC por outro BTC e obter exatamente a mesma coisa. Já uma pintura como a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, não é fungível. Você pode até comprar um quadro da Mona Lisa, em uma feira de rua qualquer, mas existe apenas uma pintura original, que está no acervo do Museu do Louvre.

Enquanto o elemento de não-fungibilidade de um NFT é um fator que determina a escassez e o valor de um item de arte, o preço dele também pode depender de alguns outros fatores, como a equipe por trás do projeto, seus casos de uso, a oferta e a demanda da comunidade ou do mercado. 

6 motivos que provam que os NFTs estão mudando o mundo da arte

Os benefícios usuais dos NFTs, como prova de propriedade, liberdade de emissão e imutabilidade dos registros, estão mudando a forma como criamos, coletamos e possuímos arte. A seguir, compartilhamos seis motivos que mostram por que os NFTs estão sacudindo o mundo da arte. 

1. Conexão de artistas com o público global

De certa forma, as galerias podem ser vistas como guardiãs das obras de arte, já que são elas que escolhem quais obras serão exibidas. Em comparação com os estabelecimentos de arte tradicionais, os mercados NFT são muito mais inclusivos para artistas emergentes e conceitos de arte de nicho. Isto tem permitido aos artistas prosperar fora das galerias e da estrutura tradicional de casas de leilão. 

2. Receita contínua para os criadores  

Normalmente, uma vez que um artista vende suas obras de arte, ele não ganha com as revendas subsequentes. Os NFTs revolucionaram o mercado secundário de arte, e os artistas podem determinar a quantidade de royalties que recebem com a ajuda de um contrato inteligente – um programa de blockchain que autoexecuta tarefas sempre que certas condições são cumpridas. Os artistas podem criar uma regra dentro do contrato inteligente, que aciona um pagamento de royalties sempre que sua arte NFT muda de mãos no mercado secundário.

3. Eliminação da necessidade de intermediários

Tradicionalmente, as galerias e alguns mercados online ficam com uma porcentagem das vendas do artista. Com os NFTs, os criadores podem interagir diretamente com os compradores e vender suas obras de arte nos marketplaces sem precisar de agentes ou intermediários.

4. Mais transparência por trás das transações 

A autenticidade e origem de uma obra de arte são alguns fatores que influenciam na decisão de um comprador. Geralmente, quem verifica essas métricas são casas de leilão ou galerias, mas apesar de casos de erros de proveniência e falsificações sejam bastante incomuns nesses lugares – eles ainda podem acontecer. 

Uma vez que um NFT está seguro em uma rede blockchain, qualquer pessoa pode rastrear sua transação e seu histórico de propriedade anterior para verificar a autenticidade. Além disso, a natureza imutável dos livros-razão da blockchain minimiza significativamente os riscos de falsificação. 

E não pense que a arte digital é a única que pode se beneficiar dos NFTs. Quando se trata de arte física, os NFTs também podem funcionar como um certificado que prova a autenticidade das obras. Em comparação com um pedaço de papel, os NFTs são uma forma muito mais segura de registrar a propriedade, verificar sua origem e mitigar as ameaças de falsificação. 

5. Menos barreiras de entrada 

Com museus prestigiados, como o State Hermitage Museum reconhecendo os NFTs como uma forma de arte e galerias de NFT aparecendo em todo o mundo, a arte tem sido mais acessível do que nunca, apresentando aos artistas um alcance mais amplo e conectando-os com clientes em potencial de forma rápida e global. 

6. Novas chances para inovar no espaço da arte 

Sendo uma nova forma de arte reconhecida, o NFT tem ampliado as fronteiras criativas, desde sua concepção, e já até formou alguns artistas notáveis, que estão brincando e experimentando seu potencial.

Em 2021, o artista de renome mundial, Damien Hirst, lançou uma obra conceitual sobre o potencial do NFT. "A Moeda" é uma coleção de arte de pontilhismo pintada à mão e composta de 10.000 NFTs com 10.000 versões físicas correspondentes em A4. Cada item físico apresenta uma marca d'água e um holograma, tornando-o difícil de ser falsificado. 

Mas a experiência não para por aí: os compradores da arte têm de escolher se querem manter a versão digital ou física da obra. Eles têm um período de um ano, a partir de quando os NFTs são enviados, para tomar uma decisão. Se eles optarem por manter o NFT, a arte física será destruída e vice-versa. As decisões finais serão tomadas em julho de 2022. 

Conclusão

O fenômeno NFT revelou o misterioso mundo da arte e abriu novas oportunidades para artistas e colecionadores. Em comparação com galerias de arte e casas de leilão, os marketplaces de NFT são muito mais inclusivos, dando aos artistas emergentes ideias de nicho e aos novos colecionadores a oportunidade de explorar obras do jeito que quiserem. 

Embora a tecnologia do NFT seja relativamente nova, a trajetória atual do espaço sugere que esta tendência continuará abrindo novas oportunidades e experiências, tanto para artistas quanto para colecionadores. 

NFTs Premium à distância de um clique

Descubra coleções únicas e exclusivas de NFT na Binance NFT – um marketplace onde artistas, criadores e entusiastas da blockchain se reúnem para emitir e comercializar NFTs de primeira linha. Siga a Binance NFT no Twitter e no Telegram para obter atualizações sobre nossos drops semanais de IGO e lançamentos exclusivos de Caixas Misteriosas.

Leia os seguintes artigos para ter mais informações:

AVISO LEGAL: NFT é uma classe de ativos emergentes que ainda está em evolução. As informações neste artigo não devem ser interpretadas como consultoria financeira ou de investimento. Faça sempre sua própria pesquisa antes de tomar qualquer decisão de compra, venda ou trade de NFTs.