Compre Cripto
Pagar com
Mercados
NFT
New
Downloads
English
USD

Pagamentos transfronteiriços em criptomoedas, explicado

2021-05-04

O Bitcoin inaugurou uma nova fase nas finanças globais, ao lançar o primeiro protocolo de uma moeda descentralizada. A partir daí, milhares de outros ativos digitais têm surgido inspirados na ideia de um dinheiro sem fronteiras. 

As criptomoedas são basicamente um meio de pagamento que não necessitam de um governo central para seu controle.  Existem criptos criados por governos e instituições, mas, essas não representam alguns dos ideais primários desse mercado.  

Graças a Blockchain, uma tecnologia revolucionária capaz de emitir ativos digitais e de arquivar transações de forma inviolável, as criptomoedas podem ser negociadas sem a necessidade de bancos e grupos autoritários para dominá-las. 

Uma vez que as criptos não necessitam pertencer a um lugar específico, ou seja, são sem fronteiras, elas são usadas em transações internacionais, isto é, transfronteiriças. Assim, descubra agora como usar criptomoedas em negociações entre indivíduos de países diferentes, e quais as vantagens de se usar moedas digitais nessas operações. 

 Como funcionam os pagamentos cripto transfronteiriços?

Para negócios internacionais, o câmbio e a transferência de moedas diferentes podem ainda levar dias e demandar alguma burocracia, além é claro, de taxas e limites de transferências de capital. 

Comprar e vender inteiramente em criptomoedas elimina a necessidade de gerenciar contas em moedas diferentes. Para isso, tudo o que é necessário é uma única carteira digital, ou wallet, para fazer pagamentos para qualquer lugar do mundo, onde seja aceito esse meio de pagamento.

Dessa forma, as criptos são um meio democrático de internacionalizar negócios e serviços. Pequenos comércios podem receber de turistas internacionais de forma muito mais prática. 

Não é de surpreender, portanto, que os bancos centrais e privados estejam avaliando a Blockchain para otimizar os sistemas convencionais de pagamento internacional.

Quais vantagens as criptomoedas oferecem em relação às moedas estatais?

Os pagamentos com BTC, por exemplo, embora não sejam instantâneos, são rápidos, seguros e com maior anonimato, comparado com as informações expostas por instituições bancárias. 

O risco de armazenar dinheiro impresso é reduzido, devido à rápida liquidação. Também, o risco de inadimplência é eliminado, pois os pagamentos com criptos exigem que os fundos estejam presentes nas carteiras digitais, no momento em que o pagamento é executado.

As taxas de transação também são consideravelmente menores do que as cobradas nos sistemas de pagamento convencionais.

Negociar em cripto pode ser algo interessante para empresas que trabalham em países onde há volatilidade cambial. Como certas moedas estatais são extremamente oscilantes, frente aos ativos mais fortes, armazenar o capital em uma moeda digital com fundamentos mais sólidos pode ajudar a proteger contra movimentos adversos repentinos do dinheiro local.

Quais são as desvantagens de usar criptomoedas?

Antes de tudo, é necessário reconhecer que, embora haja muita expectativa sobre o criptomercado, as criptomoedas ainda não são amplamente aceitas em muitos países e regiões, e, em alguns países, negocia-las chega a ser ilegal. Portanto, as empresas precisam oferecer formas convencionais de pagamento, como dinheiro em espécie, cartão, etc. 

Os preços das moedas digitais são geralmente altamente voláteis. Então, imagine que você viaje esperando gastar em criptomoedas, e armazenando BTC, por exemplo, o ativo sofra uma queda de preço de 20%, durante sua permanência fora. Assim, suas perdas serão potencialmente grandes, embora ganhos semelhantes devido a movimentos de subidas, frente à taxa de câmbio, podem também ocorrer. 

As transações em criptos também são totalmente dependentes da tecnologia. Sem acesso a internet, você não pode enviar um pagamento para outra carteira. Além disso, se problemas mais sérios acontecem com seu dispositivo móvel, usado para negociações internacionais de moedas digitais, você precisa primeiro achar um novo canal de acesso aos seus fundos digitais, para depois negociá-los. 

 Como você pode armazenar e trocar criptomoedas com facilidade e segurança?

Plataformas de criptomoedas são formas econômicas de possibilitar pagamentos internacionais. Um bom exemplo de um desses canais, exchanges, como são chamados, é a Binance. A empresa oferece inúmeras ferramentas para uma interação que encurta distâncias, entre negociantes de várias partes do mundo. 

Você se cadastra em uma exchange e transfere seus fundos em moedas estatais para lá, ou guarda pagamentos em criptoativos. 

A Binance e outras plataformas operam 24 horas por dia, 7 dias por semana, para usuários em todo o mundo fazerem trade, isto é, negociar criptomoedas de forma segura e prática. 

Para entender melhor sobre criptomoedas e saber como investir, usar e ter informações atualizadas sobre este mundo, selecionamos 5 artigos que te deixarão por dentro de cada novidade: