Análise dos Fundamentos do Bitcoin em Julho

2021-08-03

IMPORTANTE: As informações contidas neste documento não indicam recomendação de investimento 

O mês de Julho pode ser dividido em duas partes muito distintas, até o dia 20 o bitcoin seguia perigosamente rondando a parte de baixo da zona de acumulação chegando a furar o suporte dos US$30k no dia 20. Mas justamente a partir deste ponto o bitcoin iniciou uma reação que durou 10 dias e que levou o seu preço para US$42k, fechando o mês com uma valorização de 18,31% em US$ 41.461,83. 

A reação na camada de preços foi importante e ainda carece de confirmação que pode vir durante o mês de agosto. Mas o mais importante são os indicadores de fundamentos que a sustentam. Os fundamentos analisados são: crescimento; atividade; liquidez; poder computacional, atitude acumuladora, atividade dos desenvolvedores e atividade nas redes sociais.

Crescimento e Atividade da Rede

O número de novos endereços que fizeram transações pela primeira vez e o número de endereços ativos na rede começaram a aumentar em julho, invertendo a tendência de queda que vinha já há alguns meses, desta forma saímos de uma sinalização negativa para uma sinalização neutra.

Liquidez na Rede

O número de transações realizadas em conjunto com tamanho do mempool nos dá uma ideia sobre a liquidez e/ou a congestão na rede. O mempool é o local onde todas as transações válidas aguardam para serem confirmadas pela rede Bitcoin. Um tamanho muito alto de mempool indica congestão na rede.

No mês de julho o número de transações na rede aumentou significativamente, e o mempool continuou apresentando um nível muito baixo de transações aguardando validação, ou seja a rede não apresenta nenhuma congestão nem com este aumento de transações, desta forma a sinalização que era neutra para este fundamento, passa a ser positiva.

Poder Computacional da rede

Depois de sofrer com o banimento dos mineradores na China, este fundamento iniciou no mês de julho em franca recuperação e assim foi durante todo o mês, com a volta do poder computacional, temos uma rede ainda mais descentralizada geograficamente e mais robusta do ponto de vista geopolítico.

Atitude acumuladora

Durante o mês de julho tivemos uma saída de bitcoins das corretoras como não víamos há muito tempo, e o principal destino deste foram as carteiras fora das corretoras, como podemos ver no gráfico abaixo onde a linha vermelha apresenta o saldo de bitcoin fora das corretoras e a linha rosa mostra o saldo de bitcoin em todas as corretoras somadas. Esse movimento mostra que os investidores não têm a intenção de vendê-los no curto prazo criando um aperto na oferta de bitcoin gerando uma sinalização bastante positiva para o fundamento de atitude acumuladora.

No gráfico abaixo podemos ver que as carteiras que possuem de 0,1 a 1 BTC (linha vermelha) e de 1 a 10 BTC (linha amarela) vem aumentando suas posições desde junho. Já as carteiras com 1.000 a 10.000 BTC (linha azul) vem aumentando suas posições desde maio. Também é uma sinalização positiva para a atitude acumuladora.

O gráfico abaixo apresenta a informação do número de carteiras com saldo entre  0,1 a 1 BTC (linha vermelha) , 1 a 10 BTC (linha amarela) e 1.000 a 10.000 BTC (linha azul). E fica claro que o único grupo que não apresenta crescimento no número de carteiras é o de 1.000 a 10.000 BTC (linha azul), mas como vimos acima o saldo dessas carteiras vem aumentando desde maio. Ou seja, apesar de não termos um crescimento do número de novas baleias, as que já existem vêm acumulando bitcoin desde a queda em maio.

Para o fenômeno da maturação do Bitcoin (o envelhecimento das moedas HODLed) consideramos as moedas com mais de 155 dias como moedas de Detentor de Longo Prazo (LTH).

Podemos observar essas mudanças nas proporções das moedas em várias faixas etárias usando o gráfico “Realized Cap HODL Waves”. Esta métrica mostrará faixas de cores aumentando em espessura conforme as moedas amadurecem ou são gastas em faixas de idade diferentes. 

As faixas das moedas de 6 meses ou mais seguem alargando, sugerindo que os HODLers não estão se desfazendo de suas posições, indicando convicção no ciclo de expansão, reforçando a atitude positiva para o fundamento de acumulação.

Atividade dos Desenvolvedores

Este fundamento nos mostra a atividade de desenvolvimento do projeto ao longo do tempo com base em uma série de eventos puramente relacionados ao desenvolvimento no repositório Github público do projeto. (não contado: comentários sobre questões, bifurcações, estrelas, etc.). Vemos que a atividade dos desenvolvedores do bitcoin segue em nível elevado desde o começo de 2020, dando sinal de força para este fundamento.

Atividade nas Redes Sociais

Este fundamento mostra a quantidade de menções ao bitcoin em mais de 1000 canais de mídia social, incluindo grupos no Telegram, cripto subreddits, grupos no discord, bate-papos privados de traders e muito mais. Este fundamento tem um comportamento distinto dos demais, pois quando em patamares extremamente elevados nos dá uma sinalização negativa pois indica euforia ou pânico. Durante o mês de julho este indicador seguiu em patamares saudáveis, dando sinal positivo para este fundamento.  

Conclusão

Em resumo temos 3 fundamentos neutros e 5 positivos. Como vemos abaixo, estamos nos aproximando do último estágio do ciclo de expansão que iniciou em 2019, esse estágio ainda durará vários meses e costuma ser o mais vibrante e volátil de todo o ciclo.

Mas para entrarmos definitivamente neste último estágio do ciclo de expansão do bitcoin dependemos principalmente da melhora dos fundamentos de crescimento e atividade da rede, a continuidade da volta do poder computacional e a camada de ação de preços confirmar esta melhora nas próximas semanas. 

Fundamento da rede Bitcoin

Sinalização

Ação dos Preços

Crescimento

Atividade

Liquidez

Poder computacional

Atitude acumuladora

Atividade dos desenvolvedores

Atividade nas redes sociais

O Market Cap / Thermocap, gráfico abaixo, serve para avaliar se o preço do ativo está sendo negociado atualmente com um prêmio em relação ao total gasto com segurança pelos mineradores,  a proporção é ajustada para levar em conta o aumento da oferta circulante com o tempo.

Este indicador confirma que o bitcoin está se aproximando da última etapa do ciclo de expansão, vemos a inflexão na curva já no final de julho e se compararmos aos ciclos anteriores, podemos ver que essa etapa do ciclo costuma durar algo em torno de 6 meses. Portanto, o investidor não deve se impressionar com os movimentos do curto prazo, pois a grande recompensa está no médio prazo. Neste momento a cautela continua necessária, manter um bom saldo em caixa pode ajudar caso alguma correção ainda aconteça.

211,051,887 usuários nos escolheram. Descubra o porquê.
Registre-se Agora