Exchange
Blockchain e exchange de criptomoedas
Academy
Educação sobre blockchain e criptomoedas
Corretor
Soluções de plataformas de trading
Charity
Charity
Cloud
Soluções para exchanges corporativas
DEX
Troca de ativos rápida e segura
Labs
Incubadora dos melhores projetos de blockchain
Launchpad
Plataforma de lançamento de Tokens
Research
Análises e relatórios de nível institucional
Trust Wallet
Carteira de criptomoedas oficial da Binance
Compre Cripto
Mercados
Escaneie e faça o Download do App para iOS e Android
Download
English
USD
Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundial
Alguém já tem milhões em Bitcoins?
2021-2-16


O Bitcoin é a moeda digital pioneira nesse setor e também a mais conhecida. Alguns dizem que sua tecnologia e aplicação serão essenciais para todos os tipos de transações no futuro, por isso, ela tem gerado valor a todos aqueles que o compraram ao longo dos últimos anos.


Então, respondendo o título do artigo, sim! O Bitcoin se valorizou tanto que acabou recompensando todos aqueles que detinham a moeda. Para se ter uma ideia quantitativa, o Bitcoin teve seu valor máximo em 2011 cotado em apenas US$ 0,39, ou seja, nem uma unidade de dólar americano.


No momento em que escrevemos este artigo, em fevereiro de 2021, o Bitcoin atinge sua máxima histórica de aproximadamente US$ 47.000,00. Isso significa que se tivesse comprado em torno de 100 moedas em 2011 e as “segurado” até hoje, poderia vender e se tornar mais um milionário junto a tantos outros que aproveitaram esta valorização.


Há aqueles que se arrependem amargamente de não terem comprado antes, e aqueles que se sentem motivados e acreditam que o Bitcoin ainda tem um potencial de valorização bastante elevado pela frente. Veremos mais adiante o que causa essa incrível geração de valor para a moeda e como você poderia lucrar com isso.



O que torna o Bitcoin tão valioso?

A intenção com o Bitcoin era criar uma moeda digital totalmente descentralizada, segura, anônima e com quantidade limitada. Dessa forma, todos poderiam negociá-lo no mercado global e utilizá-lo para realizar pagamentos de maneira rápida e prática.

Por não se tratar de uma moeda fiduciária, como o dólar, euro ou real, e por ser limitada, ela possui proteção contra a inflação, evitando que seu patrimônio seja corroído ao longo do tempo, o que é algo bastante interessante para os investidores de longo prazo.

Por não ser um ativo gerador de caixa, como uma ação ou fundo imobiliário, as grandes fortunas são feitas à medida que o valor intrínseco da moeda aumenta, o que por consequência aumenta também a demanda. E como sabemos, quanto maior a demanda, maior o preço que alguém está disposto a pagar por ela.

Muitas pessoas, empresas e instituições financeiras acreditam que o Bitcoin possa ser a moeda do futuro, sendo utilizada e implementada em todos os tipos de transação, seja ela micro ou macro.

Com a criptomoeda sendo cada vez mais adotada e implementada, sua procura será maior; além disso, não podemos esquecer que sua quantidade é limitada, fazendo com que se torne um ativo escasso, raro, e extremamente valioso.


Os maiores bilionários de Bitcoins

Não poderíamos deixar de listar alguns dos maiores bilionários que acreditaram no potencial da moeda há alguns anos e por isso foram recompensados com sua espantosa valorização. A maioria deles não só investiu na criptomoeda, como também criou negócios que se baseavam na negociação dela.

De acordo com uma matéria da Forbes, publicada em fevereiro de 2021 por Jeff Kauflin, os 11 bilionários do Bitcoin são:

  • Brian Armstrong (US$ 6,5 bilhões) - Cofundador da Coinbase

  • Sam Bankman-Fried (US$ 4,5 bilhões) - Fundador da FTX

  • Chris Larsen (US$ 2,9 bilhões) - Cofundador da Ripple

  • Michael Saylor (US$ 2 bilhões) - CEO da MicroStrategy

  • Changpeng Zhao (US$ 1,9 bilhão) - Fundador da Binance

  • Tyler e Cameron Winklevoss (US$ 1,6 bilhão cada) - Fundadores da Gemini

  • Barry Silbert (US$ 1,5 bilhão) - Fundador da Grayscale

  • Jed McCaleb (US$ 1,4 bilhão) - Cofundador da Ripple e Stellar

  • Tim Draper (US$ 1,1 bilhão) - Cofundador da DFJ Venture

  • Matthew Roszak (US$ 1 bilhão) - Cofundador da Bloq

Caso você ainda não tenha o interesse ou as habilidades para criar um negócio em torno das criptomoedas ou de blockchain, não se preocupe. Se expor ao mercado de Bitcoin e à sua valorização em potencial requer apenas o seu comprometimento para investir no ativo de maneira regular, o que irá promover um grande acúmulo de patrimônio ao longo do tempo.

Se o futuro for o que realmente todos esperam e o Bitcoin for adotado e utilizado como moeda global, então seus dias de geração de valor e multiplicação de preço ainda não terminaram. Cabe a você decidir se quer participar desse crescimento ou não.

Caso tenha se interessado em dar os primeiros passos, ou mesmo aumentar a sua exposição ao Bitcoin, então conheça a Binance, a maior corretora de criptomoedas do mundo.

Aqui você pode comprar Bitcoin com Reais, basta depositar pelo menos R$ 10 através de PIX, TED ou cartão de crédito.


Leia mais sobre as criptomoedas em nosso blog:

Siga a gente no Twitter, Instagram, Facebook e Youtube, e participe da nossa comunidade oficial no grupo Binance Português no Telegram para interagir com outros membros da comunidade!

Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundial
Feb 16
2021
Alguém já tem milhões em Bitcoins?


O Bitcoin é a moeda digital pioneira nesse setor e também a mais conhecida. Alguns dizem que sua tecnologia e aplicação serão essenciais para todos os tipos de transações no futuro, por isso, ela tem gerado valor a todos aqueles que o compraram ao longo dos últimos anos.


Então, respondendo o título do artigo, sim! O Bitcoin se valorizou tanto que acabou recompensando todos aqueles que detinham a moeda. Para se ter uma ideia quantitativa, o Bitcoin teve seu valor máximo em 2011 cotado em apenas US$ 0,39, ou seja, nem uma unidade de dólar americano.


No momento em que escrevemos este artigo, em fevereiro de 2021, o Bitcoin atinge sua máxima histórica de aproximadamente US$ 47.000,00. Isso significa que se tivesse comprado em torno de 100 moedas em 2011 e as “segurado” até hoje, poderia vender e se tornar mais um milionário junto a tantos outros que aproveitaram esta valorização.


Há aqueles que se arrependem amargamente de não terem comprado antes, e aqueles que se sentem motivados e acreditam que o Bitcoin ainda tem um potencial de valorização bastante elevado pela frente. Veremos mais adiante o que causa essa incrível geração de valor para a moeda e como você poderia lucrar com isso.



O que torna o Bitcoin tão valioso?

A intenção com o Bitcoin era criar uma moeda digital totalmente descentralizada, segura, anônima e com quantidade limitada. Dessa forma, todos poderiam negociá-lo no mercado global e utilizá-lo para realizar pagamentos de maneira rápida e prática.

Por não se tratar de uma moeda fiduciária, como o dólar, euro ou real, e por ser limitada, ela possui proteção contra a inflação, evitando que seu patrimônio seja corroído ao longo do tempo, o que é algo bastante interessante para os investidores de longo prazo.

Por não ser um ativo gerador de caixa, como uma ação ou fundo imobiliário, as grandes fortunas são feitas à medida que o valor intrínseco da moeda aumenta, o que por consequência aumenta também a demanda. E como sabemos, quanto maior a demanda, maior o preço que alguém está disposto a pagar por ela.

Muitas pessoas, empresas e instituições financeiras acreditam que o Bitcoin possa ser a moeda do futuro, sendo utilizada e implementada em todos os tipos de transação, seja ela micro ou macro.

Com a criptomoeda sendo cada vez mais adotada e implementada, sua procura será maior; além disso, não podemos esquecer que sua quantidade é limitada, fazendo com que se torne um ativo escasso, raro, e extremamente valioso.


Os maiores bilionários de Bitcoins

Não poderíamos deixar de listar alguns dos maiores bilionários que acreditaram no potencial da moeda há alguns anos e por isso foram recompensados com sua espantosa valorização. A maioria deles não só investiu na criptomoeda, como também criou negócios que se baseavam na negociação dela.

De acordo com uma matéria da Forbes, publicada em fevereiro de 2021 por Jeff Kauflin, os 11 bilionários do Bitcoin são:

  • Brian Armstrong (US$ 6,5 bilhões) - Cofundador da Coinbase

  • Sam Bankman-Fried (US$ 4,5 bilhões) - Fundador da FTX

  • Chris Larsen (US$ 2,9 bilhões) - Cofundador da Ripple

  • Michael Saylor (US$ 2 bilhões) - CEO da MicroStrategy

  • Changpeng Zhao (US$ 1,9 bilhão) - Fundador da Binance

  • Tyler e Cameron Winklevoss (US$ 1,6 bilhão cada) - Fundadores da Gemini

  • Barry Silbert (US$ 1,5 bilhão) - Fundador da Grayscale

  • Jed McCaleb (US$ 1,4 bilhão) - Cofundador da Ripple e Stellar

  • Tim Draper (US$ 1,1 bilhão) - Cofundador da DFJ Venture

  • Matthew Roszak (US$ 1 bilhão) - Cofundador da Bloq

Caso você ainda não tenha o interesse ou as habilidades para criar um negócio em torno das criptomoedas ou de blockchain, não se preocupe. Se expor ao mercado de Bitcoin e à sua valorização em potencial requer apenas o seu comprometimento para investir no ativo de maneira regular, o que irá promover um grande acúmulo de patrimônio ao longo do tempo.

Se o futuro for o que realmente todos esperam e o Bitcoin for adotado e utilizado como moeda global, então seus dias de geração de valor e multiplicação de preço ainda não terminaram. Cabe a você decidir se quer participar desse crescimento ou não.

Caso tenha se interessado em dar os primeiros passos, ou mesmo aumentar a sua exposição ao Bitcoin, então conheça a Binance, a maior corretora de criptomoedas do mundo.

Aqui você pode comprar Bitcoin com Reais, basta depositar pelo menos R$ 10 através de PIX, TED ou cartão de crédito.


Leia mais sobre as criptomoedas em nosso blog:

Siga a gente no Twitter, Instagram, Facebook e Youtube, e participe da nossa comunidade oficial no grupo Binance Português no Telegram para interagir com outros membros da comunidade!