Exchange
Blockchain e exchange de criptomoedas
Academy
Educação sobre blockchain e criptomoedas
Corretor
Soluções de plataformas de trading
Charity
Charity
Cloud
Soluções para exchanges corporativas
DEX
Troca de ativos rápida e segura
Labs
Incubadora dos melhores projetos de blockchain
Launchpad
Plataforma de lançamento de Tokens
Research
Análises e relatórios de nível institucional
Trust Wallet
Carteira de criptomoedas oficial da Binance
Compre Cripto
Mercados
Escaneie e faça o Download do App para iOS e Android
Download
English
USD
Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundial
Quais os riscos ao investir em Bitcoin?
2021-2-5


Bitcoin não é mais uma palavra usada por um pequeno grupo de entusiastas de criptografia. A cada dia mais vemos notícias da moeda digital na TV, jornais e principais sites especializados do mundo.

O ano de 2021 se mostra muito positivo para o mundo dos criptoativos, incluindo o líder de capitalização de mercado! Mas será que existem riscos a serem considerados na hora de investir em bitcoin?

Acompanhe este artigo para aprender sobre os principais riscos ao investir em bitcoin!


O Bitcoin é muito volátil

Volatilidade se refere à variação de um ativo em relação a um período de tempo. Quanto mais volátil é o ativo, mais variável ele é.

Comparado com mercados mais tradicionais, investir em criptomoedas é mais arriscado pela grande volatilidade encontrada. Isso acontece porque o mercado de ativos digitais ainda é relativamente novo. Apesar disto, está em plena expansão.

Se você é um investidor muito conservador e que sofre emocionalmente ao perceber fortes oscilações em movimentos de preços, saiba que a volatilidade do bitcoin passa por momentos fortes e que, por isso, é interessante iniciar com pequenos aportes para ir se acostumando a esse mercado.

Com o passar dos anos, com um maior número de investidores e mais dinheiro alocado em criptomoedas, é esperado que a volatilidade do bitcoin possa reduzir. Isso irá minimizar grandes valorizações em períodos curtos de tempo, mas também ajudará a reduzir os riscos apresentados.


Armazenar Bitcoin é difícil

Antes de comprar suas primeiras frações de bitcoin, é muito importante ter a noção de como armazená-las com segurança. De forma nada semelhante ao dinheiro do governo, criptomoedas não possuem um regulador central. Sendo assim, caso você perca seu patrimônio digital, não é possível pedir ajuda a nenhum órgão para que ele seja recuperado.

Geralmente, os dois principais riscos de usabilidade com o bitcoin é pela perda da chave privada e por atividade hacker.


Perda da chave privada

Uma chave privada funciona de forma semelhante a uma senha para uma carteira bitcoin. Quer dizer que qualquer pessoa que tenha acesso à sua chave privada, pode transacionar suas moedas. E quer dizer também que se você não souber mais qual é a chave privada de seu endereço bitcoin, você não conseguirá mais acessar os ativos.

Portanto, é de extrema importância guardar sua chave privada em local seguro e onde somente você e pessoas de extrema confiança saibam onde está. É interessante manter também um backup. Assim, caso uma das cópias da sua chave seja destruída, ainda é possível o acesso pelo backup.


Atividade hacker

O mau uso dos seus dispositivos de tecnologia, como o computador, pode pôr em risco suas moedas.

Existem uma grande variedade de vírus que possuem como função primordial procurar chaves privadas nos PCs contaminados. Baixar programas piratas ou clicar em links desconhecidos enviados por e-mail são formas de se expor a estes riscos.

Para ter segurança, sempre tenha cuidado sobre o conteúdo que você acessa, quem usa sua máquina e quais links são abertos: a criatividade dos hackers está cada dia mais rebuscada e por isso é difícil distinguir um e-mail com uma mensagem genuína de um infectado por vírus.


A rede do Bitcoin pode falhar

Desde o lançamento de sua rede, a mais de dez anos atrás, não existem casos de falhas críticas no código do bitcoin. Mesmo assim, é difícil dar cem por cento de certeza que falhas ou bugs não irão acontecer. Assim como toda tecnologia, as criptomoedas são suscetíveis a falhas.

Outro risco do ponto de vista tecnológico é a possibilidade de que outra moeda traga avanços interessantes, de forma que seja mais interessante o investimento no novo ativo que no próprio bitcoin. Apesar da grande fama do bitcoin e sua forte valorização, ninguém pode garantir que seu reinado ainda vai durar por muitas décadas. E um novo rei no mercado seria um terrível risco para a atual maior moeda criptográfica do mundo.


Afinal, é arriscado ou não investir em Bitcoin?

Investir em bitcoin tem se mostrado lucrativo e vantajoso, com o passar dos tempos. Mesmo assim, alguns riscos devem sempre ser considerados ao fazer um aporte na criptomoeda.

A volatilidade ainda é presente de forma acentuada nos preços das criptomoedas, portanto é necessário o gerenciamento de risco para minimizar riscos.

Vale ainda lembrar que com o protocolo bitcoin, você tem autonomia como se fosse o seu próprio banco. Sendo assim, um cuidado redobrado se faz necessário ao armazenar suas moedas: perder a chave privada ou deixar que um hacker a consiga pode significar perda do acesso permanente a seus ativos.

Por fim, lembre-se que as tecnologias estão sempre em evolução, e que em algum ponto do futuro outra moeda pode tomar o lugar do bitcoin. Apesar de não ser muito provável que isso aconteça em um futuro próximo, nunca descarte nenhuma possibilidade!

Agora que você já conhece mais sobre alguns dos riscos de se investir em bitcoin, continue aprendendo sobre o bitcoin e as criptomoedas em nosso blog. Afinal, quanto mais conhecimento você tiver, menos riscos irá correr.


Continue lendo nossos artigos:



Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundial
Feb 05
2021
Quais os riscos ao investir em Bitcoin?


Bitcoin não é mais uma palavra usada por um pequeno grupo de entusiastas de criptografia. A cada dia mais vemos notícias da moeda digital na TV, jornais e principais sites especializados do mundo.

O ano de 2021 se mostra muito positivo para o mundo dos criptoativos, incluindo o líder de capitalização de mercado! Mas será que existem riscos a serem considerados na hora de investir em bitcoin?

Acompanhe este artigo para aprender sobre os principais riscos ao investir em bitcoin!


O Bitcoin é muito volátil

Volatilidade se refere à variação de um ativo em relação a um período de tempo. Quanto mais volátil é o ativo, mais variável ele é.

Comparado com mercados mais tradicionais, investir em criptomoedas é mais arriscado pela grande volatilidade encontrada. Isso acontece porque o mercado de ativos digitais ainda é relativamente novo. Apesar disto, está em plena expansão.

Se você é um investidor muito conservador e que sofre emocionalmente ao perceber fortes oscilações em movimentos de preços, saiba que a volatilidade do bitcoin passa por momentos fortes e que, por isso, é interessante iniciar com pequenos aportes para ir se acostumando a esse mercado.

Com o passar dos anos, com um maior número de investidores e mais dinheiro alocado em criptomoedas, é esperado que a volatilidade do bitcoin possa reduzir. Isso irá minimizar grandes valorizações em períodos curtos de tempo, mas também ajudará a reduzir os riscos apresentados.


Armazenar Bitcoin é difícil

Antes de comprar suas primeiras frações de bitcoin, é muito importante ter a noção de como armazená-las com segurança. De forma nada semelhante ao dinheiro do governo, criptomoedas não possuem um regulador central. Sendo assim, caso você perca seu patrimônio digital, não é possível pedir ajuda a nenhum órgão para que ele seja recuperado.

Geralmente, os dois principais riscos de usabilidade com o bitcoin é pela perda da chave privada e por atividade hacker.


Perda da chave privada

Uma chave privada funciona de forma semelhante a uma senha para uma carteira bitcoin. Quer dizer que qualquer pessoa que tenha acesso à sua chave privada, pode transacionar suas moedas. E quer dizer também que se você não souber mais qual é a chave privada de seu endereço bitcoin, você não conseguirá mais acessar os ativos.

Portanto, é de extrema importância guardar sua chave privada em local seguro e onde somente você e pessoas de extrema confiança saibam onde está. É interessante manter também um backup. Assim, caso uma das cópias da sua chave seja destruída, ainda é possível o acesso pelo backup.


Atividade hacker

O mau uso dos seus dispositivos de tecnologia, como o computador, pode pôr em risco suas moedas.

Existem uma grande variedade de vírus que possuem como função primordial procurar chaves privadas nos PCs contaminados. Baixar programas piratas ou clicar em links desconhecidos enviados por e-mail são formas de se expor a estes riscos.

Para ter segurança, sempre tenha cuidado sobre o conteúdo que você acessa, quem usa sua máquina e quais links são abertos: a criatividade dos hackers está cada dia mais rebuscada e por isso é difícil distinguir um e-mail com uma mensagem genuína de um infectado por vírus.


A rede do Bitcoin pode falhar

Desde o lançamento de sua rede, a mais de dez anos atrás, não existem casos de falhas críticas no código do bitcoin. Mesmo assim, é difícil dar cem por cento de certeza que falhas ou bugs não irão acontecer. Assim como toda tecnologia, as criptomoedas são suscetíveis a falhas.

Outro risco do ponto de vista tecnológico é a possibilidade de que outra moeda traga avanços interessantes, de forma que seja mais interessante o investimento no novo ativo que no próprio bitcoin. Apesar da grande fama do bitcoin e sua forte valorização, ninguém pode garantir que seu reinado ainda vai durar por muitas décadas. E um novo rei no mercado seria um terrível risco para a atual maior moeda criptográfica do mundo.


Afinal, é arriscado ou não investir em Bitcoin?

Investir em bitcoin tem se mostrado lucrativo e vantajoso, com o passar dos tempos. Mesmo assim, alguns riscos devem sempre ser considerados ao fazer um aporte na criptomoeda.

A volatilidade ainda é presente de forma acentuada nos preços das criptomoedas, portanto é necessário o gerenciamento de risco para minimizar riscos.

Vale ainda lembrar que com o protocolo bitcoin, você tem autonomia como se fosse o seu próprio banco. Sendo assim, um cuidado redobrado se faz necessário ao armazenar suas moedas: perder a chave privada ou deixar que um hacker a consiga pode significar perda do acesso permanente a seus ativos.

Por fim, lembre-se que as tecnologias estão sempre em evolução, e que em algum ponto do futuro outra moeda pode tomar o lugar do bitcoin. Apesar de não ser muito provável que isso aconteça em um futuro próximo, nunca descarte nenhuma possibilidade!

Agora que você já conhece mais sobre alguns dos riscos de se investir em bitcoin, continue aprendendo sobre o bitcoin e as criptomoedas em nosso blog. Afinal, quanto mais conhecimento você tiver, menos riscos irá correr.


Continue lendo nossos artigos: