Exchange
Blockchain e exchange de criptomoedas
Academy
Educação sobre blockchain e criptomoedas
Corretor
Soluções de plataformas de trading
Charity
Charity
Cloud
Soluções para exchanges corporativas
DEX
Troca de ativos rápida e segura
Labs
Incubadora dos melhores projetos de blockchain
Launchpad
Plataforma de lançamento de Tokens
Research
Análises e relatórios de nível institucional
Trust Wallet
Carteira de criptomoedas oficial da Binance
Compre Cripto
Mercados
Escaneie e faça o Download do App para iOS e Android
Download
English
USD
Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundial
Bitcoin hoje: moeda valoriza 420%; vale o investimento?
2021-2-4

2020 foi um ano inesquecível, para o Bitcoin (BTC), particularmente, foi especial. O preço da moeda digital subiu mais de 400% apenas em um ano, atingindo R$ 153.360 em seu pico durante esta alta histórica. Entenda o porquê das previsões para o crescimento da primeira criptomoeda ainda serem bastante otimistas.  

O preço do Bitcoin teve um aumento notório durante quase todo o ano de 2020. Em dezembro, ao atingir US$ 29.300, a criptomoeda alcançou o maior preço de sua história, que até então era US$ 19.798, evento ocorrido em dezembro de 2017.  

A partir destas informações impressionantes, você pode estar se perguntando: “mas o que leva o preço do BTC a aumentar?”, e, “baseadas em que estão as boas expectativas para se investir nessa criptomoeda em 2021?”

Entenda agora alguns fatores que farão você compreender por que investir em BTC em 2021 pode ser um ótimo negócio.


Histórico do preço do BTC

Em 2010, seu primeiro preço conhecido foi de menos de um dólar por Bitcoin. Pouco menos de sete anos depois, no início de 2017, o dinheiro digital era negociado por cerca de US$ 1.000, isso tudo antes de subir no final do ano e registrar uma alta anual de cerca de 1400%! Se você ainda não entende muito sobre investimentos, saiba que esses valores são o sonho de qualquer investidor do mercado financeiro.

Após mais de uma década de seu surgimento, o Bitcoin continua mostrando que seu protocolo tem fundamento. Não por acaso, em 2020, a criptomoeda já havia atingido uma valorização de mais de 60.000.000%, desde seu início.

O que se pode esperar, ao observar seu histórico, é que mesmo em tanta volatilidade no curto prazo, característica das criptomoedas, o BTC segue em tendência de valorização nos próximos anos.

 

Por que o BTC foi tão valorizado em 2020?

O preço do Bitcoin triplicou desde o início de 2020, e muito disso se deve a alguns fatores que ainda influenciarão no preço da moeda digital em 2021, por isso, entenda cada um desses motivos para que você tenha segurança ao investir em Bitcoins.  

Pandemia global

Antes da crise mundial de saúde provocada pelo COVID-19, a economia global andava relativamente bem, mas os efeitos financeiros da pandemia colocaram os bancos centrais em pânico. Até o governo dos EUA, com a economia mais forte do mundo, por exemplo, começou a imprimir mais moedas em quantidades sem precedentes, o que dentro de algum prazo acarretará em uma forte inflação e desvalorização da moeda americana.

Diante desse cenário de insegurança geral e principalmente com relação ao preço das moedas estatais, as pessoas e instituições buscam segurança para suas reservas financeiras. As criptomoedas e especialmente o BTC viraram uma alternativa para muitos guardarem seu dinheiro, justamente pelo seus fundamentos como reserva de valor.

A entrada dos investidores institucionais no mercado de criptomoedas

Até recentemente, grandes fundos de investimentos ignoravam o mercado das criptos.  A partir de 2020, administradores de ativos e grandes bancos de investimentos entraram oficialmente no ramo.

Com a qualificação e o recurso destes novos players no mercado de criptomoedas, os ativos digitais finalmente receberam a aprovação como um investimento. Tanto grandes investidores internacionais, quanto os maiores bancos de Wall Street, o mercado financeiro mais popular do mundo, agora estão diversificando seus investimentos em criptoativos, e em alguns casos vendendo e comprando em Bitcoin.

Maior aceitação de mercado

O gigante PayPal, com 26 milhões de comerciantes integrados em sua rede, anunciou o lançamento de um novo serviço que permite aos usuários comprar, armazenar e vender criptomoedas, a partir de 2021.

A mudança de visão das finanças tradicionais, com relação às criptomoedas, são tão atraentes para o mercado, que ajudou a impulsionar o Bitcoin a novas alturas.

 

Por que esperar que o BTC continue valorizando em 2021?

Para um investidor tradicional, os números impressionantes do BTC em 2020 podem ser sinal de que é hora de vender a criptomoeda. Entretanto, não se precipite, existem algumas condições que mostram uma possível escalada contínua do Bitcoin e das criptos de forma mais ampla nos próximos meses. Veja algumas:

O halving (reduzir pela metade, em português), no mundo do BTC, ocorre a cada quatro anos, reduzindo pela metade a recompensa dos mineradores. Este evento também é responsável por diminuir a oferta de novas moedas. Tal característica do Bitcoin é o que torna a moeda mais escassa, evita a inflação e ajuda a aumentar suas cotações.

Observando o que aconteceu nos meses que sucederam os dois halvings anteriores (em 2012 e 2016), é possível concluir que 2021 está dentro do período de alta posterior ao halving (o mais recente aconteceu em 2020), que historicamente representa 2 anos. Sendo assim, é de se esperar que até meados de 2022 o BTC siga em tendência de alta.

O anúncio da adoção do Bitcoin pelos mercados institucionais e corporativos, e uma nova onda de procura e de investimentos de pessoas físicas, parecem apontar positivamente para a performance do BTC em 2021.  

 

Como investir em Bitcoin em 2021?

Se você acha que para comprar o Bitcoin é preciso comprar uma moeda inteira, está enganado. As criptomoedas são divisíveis, ou seja, é possível comprar frações dela, no caso do BTC é possível dividir em até 8 casas decimais, carinhosamente apelidadas de satoshi.

Para você ter ideia, na Binance é possível começar com 10 reais, que no momento que estávamos escrevendo este artigo equivalia a 0,000042 BTC, ou 4200 satoshis.

O primeiro passo para essa jornada de investidor é cadastrar-se na plataforma da Binance. Aqui é o lugar onde você pode negociar Bitcoins de forma segura e com taxas baixas.

Mas lembre-se, a Binance acredita que o melhor investimento para começar de forma adequada no mundo das criptos é no conhecimento, por isso focamos tanto no pilar da educação, tendo muito conteúdo de qualidade pronto na Binance Academy e aqui em nosso blog, tanto para o iniciante quanto para quem já tem muita experiência.


Continue aprendendo sobre o Bitcoin e as criptomoedas:



Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundial
Feb 04
2021
Bitcoin hoje: moeda valoriza 420%; vale o investimento?

2020 foi um ano inesquecível, para o Bitcoin (BTC), particularmente, foi especial. O preço da moeda digital subiu mais de 400% apenas em um ano, atingindo R$ 153.360 em seu pico durante esta alta histórica. Entenda o porquê das previsões para o crescimento da primeira criptomoeda ainda serem bastante otimistas.  

O preço do Bitcoin teve um aumento notório durante quase todo o ano de 2020. Em dezembro, ao atingir US$ 29.300, a criptomoeda alcançou o maior preço de sua história, que até então era US$ 19.798, evento ocorrido em dezembro de 2017.  

A partir destas informações impressionantes, você pode estar se perguntando: “mas o que leva o preço do BTC a aumentar?”, e, “baseadas em que estão as boas expectativas para se investir nessa criptomoeda em 2021?”

Entenda agora alguns fatores que farão você compreender por que investir em BTC em 2021 pode ser um ótimo negócio.


Histórico do preço do BTC

Em 2010, seu primeiro preço conhecido foi de menos de um dólar por Bitcoin. Pouco menos de sete anos depois, no início de 2017, o dinheiro digital era negociado por cerca de US$ 1.000, isso tudo antes de subir no final do ano e registrar uma alta anual de cerca de 1400%! Se você ainda não entende muito sobre investimentos, saiba que esses valores são o sonho de qualquer investidor do mercado financeiro.

Após mais de uma década de seu surgimento, o Bitcoin continua mostrando que seu protocolo tem fundamento. Não por acaso, em 2020, a criptomoeda já havia atingido uma valorização de mais de 60.000.000%, desde seu início.

O que se pode esperar, ao observar seu histórico, é que mesmo em tanta volatilidade no curto prazo, característica das criptomoedas, o BTC segue em tendência de valorização nos próximos anos.

 

Por que o BTC foi tão valorizado em 2020?

O preço do Bitcoin triplicou desde o início de 2020, e muito disso se deve a alguns fatores que ainda influenciarão no preço da moeda digital em 2021, por isso, entenda cada um desses motivos para que você tenha segurança ao investir em Bitcoins.  

Pandemia global

Antes da crise mundial de saúde provocada pelo COVID-19, a economia global andava relativamente bem, mas os efeitos financeiros da pandemia colocaram os bancos centrais em pânico. Até o governo dos EUA, com a economia mais forte do mundo, por exemplo, começou a imprimir mais moedas em quantidades sem precedentes, o que dentro de algum prazo acarretará em uma forte inflação e desvalorização da moeda americana.

Diante desse cenário de insegurança geral e principalmente com relação ao preço das moedas estatais, as pessoas e instituições buscam segurança para suas reservas financeiras. As criptomoedas e especialmente o BTC viraram uma alternativa para muitos guardarem seu dinheiro, justamente pelo seus fundamentos como reserva de valor.

A entrada dos investidores institucionais no mercado de criptomoedas

Até recentemente, grandes fundos de investimentos ignoravam o mercado das criptos.  A partir de 2020, administradores de ativos e grandes bancos de investimentos entraram oficialmente no ramo.

Com a qualificação e o recurso destes novos players no mercado de criptomoedas, os ativos digitais finalmente receberam a aprovação como um investimento. Tanto grandes investidores internacionais, quanto os maiores bancos de Wall Street, o mercado financeiro mais popular do mundo, agora estão diversificando seus investimentos em criptoativos, e em alguns casos vendendo e comprando em Bitcoin.

Maior aceitação de mercado

O gigante PayPal, com 26 milhões de comerciantes integrados em sua rede, anunciou o lançamento de um novo serviço que permite aos usuários comprar, armazenar e vender criptomoedas, a partir de 2021.

A mudança de visão das finanças tradicionais, com relação às criptomoedas, são tão atraentes para o mercado, que ajudou a impulsionar o Bitcoin a novas alturas.

 

Por que esperar que o BTC continue valorizando em 2021?

Para um investidor tradicional, os números impressionantes do BTC em 2020 podem ser sinal de que é hora de vender a criptomoeda. Entretanto, não se precipite, existem algumas condições que mostram uma possível escalada contínua do Bitcoin e das criptos de forma mais ampla nos próximos meses. Veja algumas:

O halving (reduzir pela metade, em português), no mundo do BTC, ocorre a cada quatro anos, reduzindo pela metade a recompensa dos mineradores. Este evento também é responsável por diminuir a oferta de novas moedas. Tal característica do Bitcoin é o que torna a moeda mais escassa, evita a inflação e ajuda a aumentar suas cotações.

Observando o que aconteceu nos meses que sucederam os dois halvings anteriores (em 2012 e 2016), é possível concluir que 2021 está dentro do período de alta posterior ao halving (o mais recente aconteceu em 2020), que historicamente representa 2 anos. Sendo assim, é de se esperar que até meados de 2022 o BTC siga em tendência de alta.

O anúncio da adoção do Bitcoin pelos mercados institucionais e corporativos, e uma nova onda de procura e de investimentos de pessoas físicas, parecem apontar positivamente para a performance do BTC em 2021.  

 

Como investir em Bitcoin em 2021?

Se você acha que para comprar o Bitcoin é preciso comprar uma moeda inteira, está enganado. As criptomoedas são divisíveis, ou seja, é possível comprar frações dela, no caso do BTC é possível dividir em até 8 casas decimais, carinhosamente apelidadas de satoshi.

Para você ter ideia, na Binance é possível começar com 10 reais, que no momento que estávamos escrevendo este artigo equivalia a 0,000042 BTC, ou 4200 satoshis.

O primeiro passo para essa jornada de investidor é cadastrar-se na plataforma da Binance. Aqui é o lugar onde você pode negociar Bitcoins de forma segura e com taxas baixas.

Mas lembre-se, a Binance acredita que o melhor investimento para começar de forma adequada no mundo das criptos é no conhecimento, por isso focamos tanto no pilar da educação, tendo muito conteúdo de qualidade pronto na Binance Academy e aqui em nosso blog, tanto para o iniciante quanto para quem já tem muita experiência.


Continue aprendendo sobre o Bitcoin e as criptomoedas: