Exchange
Blockchain e exchange de criptomoedas
Academy
Educação sobre blockchain e criptomoedas
Corretor
Soluções de plataformas de trading
Charity
Charity
Cloud
Soluções para exchanges corporativas
DEX
Troca de ativos rápida e segura
Labs
Incubadora dos melhores projetos de blockchain
Launchpad
Plataforma de lançamento de Tokens
Research
Análises e relatórios de nível institucional
Trust Wallet
Carteira de criptomoedas oficial da Binance
Compre Cripto
Mercados
Escaneie e faça o Download do App para iOS e Android
Download
English
USD
Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundo
Binance P2P: Faça trades de Bitcoin com segurança com dicas dos profissionais
2021-3-3

Fazer trades de Bitcoin no P2P possui suas vantagens exclusivas, mas isso também significa ameaças e riscos especiais. Destacamos as ameaças mais comuns, em ordem de probabilidade de ocorrer, e adicionamos algumas dicas para mantê-lo protegido.



O trading ponto a ponto é uma das formas mais populares e baratas de comprar bitcoin. Também é a forma mais antiga, se não o primeiro, método de trade de bitcoin. Os primeiros mercados de P2P tinham interfaces complicadas, baixos padrões de segurança, e elevados riscos exclusivos de trading P2P. Isso mudou com o passar dos anos, com uma adoção mais ampla das criptomoedas e a entrada de profissionais, e com isso desaparecendo a maioria dos problemas iniciais e desvantagens. As plataformas P2P gerenciadas por grandes corretoras, como a Binance P2P, oferecem uma experiência fácil de trading de bitcoin. Uma interface intuitiva, taxas zero, altos padrões de segurança, e equipes dedicadas à segurança, são apenas algumas das vantagens oferecidas pela Binance.


É mais fácil do que nunca fazer trade P2P, e a demanda sempre em crescimento garante que ocorra um trade de P2P perfeito com um método de pagamento adequado e com preço para todos. No entanto, há um problema que não mudou desde que apareceu o primeiro comércio de P2P - o risco.


Os riscos do trading P2P

O P2P surge com vantagens únicas, mas isso também significa ameaças e riscos exclusivos. Aqui estão algumas das ameaças mais comuns, em ordem de probabilidade de ocorrência, da maior para a menor. 

1. Ataques de engenharia social

Os ataques de engenharia social visam o elo mais fraco na cadeia de segurança - o usuário. Esses ataques miram na contraparte comercial, e utilizam de mentiras e manipulações para obterem os fundos ou detalhes pessoais. 


Os golpes e phishing são dois dos métodos mais comuns. Os agentes maliciosos se passam por traders interessados em comprar ou vender bitcoin ou outra criptomoeda no P2P e postam anúncios ou respondem a anúncios existentes. Uma técnica alternativa que aparece nos marketplaces centralizados é o cliente fraudulento se passar pelo agente do suporte. Neste caso, o meliante se passa por um funcionário do marketplace e entra em contato com você, geralmente pedindo informações privadas ou detalhes de pagamento. 


Golpes ao comprar bitcoin na Binance P2P

O vendedor pede que você cancele o trade após você já ter realizado o pagamento. Você nunca deve cancelar um trade após realizar o pagamento, posto que, a criptomoeda será liberada do serviço de custódia e retornará para a carteira do vendedor. Em vez disso, você deve marcar como paga e abrir um recurso anexando a prova de pagamento para o atendimento ao cliente.

O vendedor pede que você faça o trade fora da plataforma P2P (sem custódia). Se um vendedor o contatar através de um marketplace específico, por exemplo, na Binance P2P, e durante a conversa ele oferecer para que faça o trade fora do marketplace, tenha cuidado! Provavelmente você está tratando com um golpista. Se você fizer o trade fora da plataforma, o seu trade não terá a custódia, e assim você não terá garantia de receber suas criptomoedas após o pagamento. A melhor coisa a se fazer neste caso é contatar o atendimento ao cliente e denunciar a contraparte. 

O vendedor pede que você pague uma taxa adicional. Cada marketplace possui suas próprias taxas. Na Binance P2P nós não cobramos taxas extras. Os valores de todos os preços são finais. Se sua contraparte pedir para que você pague uma taxa adicional, denuncie ele para o marketplace, já que ele provavelmente está violando os T&C.


Golpes ao vender bitcoin na Binance P2P

Moedas Bloqueadas. Neste caso, a contraparte marca o trade como pago mesmo não tendo realizado o pagamento. Ao contatá-los, normalmente eles não respondem e ficam em silêncio. Neste caso, você deve propor um recurso e providenciar prova de que você não recebeu o pagamento. Enquanto isso, suas criptomoedas ficaram bloqueadas no serviço de custódia. Este tipo de golpe normalmente é direcionado aos novatos, que são mais propensos a cometer esses erros, em razão de falta de conhecimento e experiência. 

A contraparte pede a você um empréstimo. Alguns usuários vão solicitar a você um empréstimo e prometer que vão pagá-lo com um juros maior. Fique atento, há quase certeza absoluta que você está lidando com um golpista, que vai pegar os seus fundos e nunca mais devolvê-los. Novamente, o melhor conselho é denunciar a contraparte e parar a comunicação. 

O comprador o pressiona a liberar as moedas antes de concluir o pagamento. Você não recebeu o pagamento ainda, mas o comprador está pressionando-o para liberar os fundos. Fique atento, isso pode ser um sinal vermelho. Você sempre deve verificar sua conta bancária ou sua carteira para confirmar que você recebeu o dinheiro antes de liberar as moedas. Se você liberar as criptomoedas sem receber o pagamento, você não terá garantia de que o comprador irá enviar o dinheiro.


Faça isso para se proteger contra golpes do Bitcoin:

Fique atento ao comportamento incomum ou tentativas de obter suas informações privadas. Leia com cuidado as conversas e se atente aos sinais de que você possa estar falando com um bot/golpista (nomes errados, detalhes incorretos de trade, discrepâncias, etc.)

Não confie; verifique. Sempre confirme se você está se comunicando com um agente do atendimento ao cliente, confirmando o endereço de email do contato.

Nunca compartilhe as suas informações de login ou detalhes do cartão de crédito para qualquer um. O verdadeiro atendimento ao cliente nunca irá solicitar o seu login e senha. 

Use o bom senso. Será que o anúncio de trade parece muito bom (preço muito abaixo do preço de mercado, etc.)? Então provavelmente é um golpe. 

Utilize o serviço de custódia sempre que possível. É fácil enviar seus fundos ou criptomoedas para alguém e nunca mais ouvir falar neles. Para garantir que sua contraparte irá concluir sua parte da negociação, utilize o serviço de custódia para manter os fundos enquanto o trade é processado. A Binance P2P é uma plataforma ponto a ponto com o serviço de custódia que garante que a contraparte complete sua parte da negociação. Obtenha mais informações sobre o serviço de custódia da Binance P2P aqui


2. Hacks

Tudo o que fazemos é digital, o que significa que os ataques digitais estão se tornando mais comuns. Geralmente não compensa para o hacker atacar o próprio marketplace, então, em vez disso, eles visam os usuários do trading. OS hackers atuam de diversas maneiras como malware, keyloggers ou ransomware. No entanto, o objetivo é sempre o mesmo – sua senha semente de recuperação, informações privadas ou seus fundos.


Faça isso para se proteger contra hackers:

Faça trade apenas em dispositivos seguros. Não faça trade usando internet de cafeterias ou em dispositivos compartilhados ou wifi público. Utilize um software de antivírus e sempre o mantenha atualizado. 

Armazene sua senha semente de recuperação offline. Não importa quão bom sejam os hackers, eles não podem roubar o que não estiver em um dispositivo. Utilize um papel ou um backup da semente de recuperação, e não armazene-a de forma digital. 

Não baixe arquivos anexos de remetentes desconhecidos, e não instale softwares desconhecidos. Certifique-se de que o dispositivo que você utiliza para trading está limpo, não baixe softwares de torrents, e não abra arquivos de remetentes desconhecidos.


3. Lavagem de Dinheiro

Embora muito raro, a lavagem de dinheiro pode ocorrer no trading P2P. Os autores podem usar o trading de P2P para comprar criptomoedas com fundos de atividades ilícitas ou usar criptomoedas obtidas de forma ilegal para venda e receber seus fundos. Os marketplaces centralizados quase sempre impossibilitam esta prática, uma vez que são obrigados por lei a verificar a origem dos fundos de trades suspeitos.


Faça isso para se proteger contra os autores de lavagem de dinheiro:

Faça trade nos marketplaces centralizados com regulamentações KYC e AML. Essa é a forma mais fácil de garantir que sua atividade de trading P2P será conduzida com uma contraparte que possua dinheiro limpo.

Prefira transferência bancária ao dinheiro. Os bancos são organizações financeiras reguladas e podem verificar a fonte dos fundos. O dinheiro recebido via transferência bancária possui uma chance menor de ter uma origem ilícita.


4. Ameaças físicas e atividades criminosas

Este tipo de risco é exclusivo para uma forma de trade P2P - transação em dinheiro. Quando se trata de transação em dinheiro, você precisa se encontrar com a contraparte cara a cara para trocar os fundos e completar o trade. Em diversas regiões esta pode ser a única opção para comprar bitcoin, ou qualquer outra criptomoeda, por P2P. Então, é essencial mencionar os riscos, mesmo que a probabilidade de ocorrência seja baixa.

Faça isso para se proteger de trades em dinheiro cara a cara:

Se encontre em lugares públicos durante o horário comercial. Os lugares públicos são cheios de pessoas, CCTV e geralmente são mais seguros. Evite fazer trading à noite ou em áreas remotas. 

Não vá sozinho quando fizer trade de alto valor. Sempre leve alguém com você ao fazer trade de alto valor, e informe alguém onde você está indo e o motivo.

Não faça trade na sua casa. Por mais seguro que pareça, é crucial proteger sua privacidade. Não encontre a contraparte na sua casa ou em seu local de trabalho.


O conselho mais básico para se manter seguro é ficar esperto. Prevenir é sempre melhor do que remediar, então fique informado e aumente seu conhecimento. Confira as dicas de segurança da Binance Academy para obter mais conhecimento sobre segurança. 



Blog Binance
Notícias e atualizações da maior exchange de criptomoedas do mundo
Mar 03
2021
Binance P2P: Faça trades de Bitcoin com segurança com dicas dos profissionais

Fazer trades de Bitcoin no P2P possui suas vantagens exclusivas, mas isso também significa ameaças e riscos especiais. Destacamos as ameaças mais comuns, em ordem de probabilidade de ocorrer, e adicionamos algumas dicas para mantê-lo protegido.



O trading ponto a ponto é uma das formas mais populares e baratas de comprar bitcoin. Também é a forma mais antiga, se não o primeiro, método de trade de bitcoin. Os primeiros mercados de P2P tinham interfaces complicadas, baixos padrões de segurança, e elevados riscos exclusivos de trading P2P. Isso mudou com o passar dos anos, com uma adoção mais ampla das criptomoedas e a entrada de profissionais, e com isso desaparecendo a maioria dos problemas iniciais e desvantagens. As plataformas P2P gerenciadas por grandes corretoras, como a Binance P2P, oferecem uma experiência fácil de trading de bitcoin. Uma interface intuitiva, taxas zero, altos padrões de segurança, e equipes dedicadas à segurança, são apenas algumas das vantagens oferecidas pela Binance.


É mais fácil do que nunca fazer trade P2P, e a demanda sempre em crescimento garante que ocorra um trade de P2P perfeito com um método de pagamento adequado e com preço para todos. No entanto, há um problema que não mudou desde que apareceu o primeiro comércio de P2P - o risco.


Os riscos do trading P2P

O P2P surge com vantagens únicas, mas isso também significa ameaças e riscos exclusivos. Aqui estão algumas das ameaças mais comuns, em ordem de probabilidade de ocorrência, da maior para a menor. 

1. Ataques de engenharia social

Os ataques de engenharia social visam o elo mais fraco na cadeia de segurança - o usuário. Esses ataques miram na contraparte comercial, e utilizam de mentiras e manipulações para obterem os fundos ou detalhes pessoais. 


Os golpes e phishing são dois dos métodos mais comuns. Os agentes maliciosos se passam por traders interessados em comprar ou vender bitcoin ou outra criptomoeda no P2P e postam anúncios ou respondem a anúncios existentes. Uma técnica alternativa que aparece nos marketplaces centralizados é o cliente fraudulento se passar pelo agente do suporte. Neste caso, o meliante se passa por um funcionário do marketplace e entra em contato com você, geralmente pedindo informações privadas ou detalhes de pagamento. 


Golpes ao comprar bitcoin na Binance P2P

O vendedor pede que você cancele o trade após você já ter realizado o pagamento. Você nunca deve cancelar um trade após realizar o pagamento, posto que, a criptomoeda será liberada do serviço de custódia e retornará para a carteira do vendedor. Em vez disso, você deve marcar como paga e abrir um recurso anexando a prova de pagamento para o atendimento ao cliente.

O vendedor pede que você faça o trade fora da plataforma P2P (sem custódia). Se um vendedor o contatar através de um marketplace específico, por exemplo, na Binance P2P, e durante a conversa ele oferecer para que faça o trade fora do marketplace, tenha cuidado! Provavelmente você está tratando com um golpista. Se você fizer o trade fora da plataforma, o seu trade não terá a custódia, e assim você não terá garantia de receber suas criptomoedas após o pagamento. A melhor coisa a se fazer neste caso é contatar o atendimento ao cliente e denunciar a contraparte. 

O vendedor pede que você pague uma taxa adicional. Cada marketplace possui suas próprias taxas. Na Binance P2P nós não cobramos taxas extras. Os valores de todos os preços são finais. Se sua contraparte pedir para que você pague uma taxa adicional, denuncie ele para o marketplace, já que ele provavelmente está violando os T&C.


Golpes ao vender bitcoin na Binance P2P

Moedas Bloqueadas. Neste caso, a contraparte marca o trade como pago mesmo não tendo realizado o pagamento. Ao contatá-los, normalmente eles não respondem e ficam em silêncio. Neste caso, você deve propor um recurso e providenciar prova de que você não recebeu o pagamento. Enquanto isso, suas criptomoedas ficaram bloqueadas no serviço de custódia. Este tipo de golpe normalmente é direcionado aos novatos, que são mais propensos a cometer esses erros, em razão de falta de conhecimento e experiência. 

A contraparte pede a você um empréstimo. Alguns usuários vão solicitar a você um empréstimo e prometer que vão pagá-lo com um juros maior. Fique atento, há quase certeza absoluta que você está lidando com um golpista, que vai pegar os seus fundos e nunca mais devolvê-los. Novamente, o melhor conselho é denunciar a contraparte e parar a comunicação. 

O comprador o pressiona a liberar as moedas antes de concluir o pagamento. Você não recebeu o pagamento ainda, mas o comprador está pressionando-o para liberar os fundos. Fique atento, isso pode ser um sinal vermelho. Você sempre deve verificar sua conta bancária ou sua carteira para confirmar que você recebeu o dinheiro antes de liberar as moedas. Se você liberar as criptomoedas sem receber o pagamento, você não terá garantia de que o comprador irá enviar o dinheiro.


Faça isso para se proteger contra golpes do Bitcoin:

Fique atento ao comportamento incomum ou tentativas de obter suas informações privadas. Leia com cuidado as conversas e se atente aos sinais de que você possa estar falando com um bot/golpista (nomes errados, detalhes incorretos de trade, discrepâncias, etc.)

Não confie; verifique. Sempre confirme se você está se comunicando com um agente do atendimento ao cliente, confirmando o endereço de email do contato.

Nunca compartilhe as suas informações de login ou detalhes do cartão de crédito para qualquer um. O verdadeiro atendimento ao cliente nunca irá solicitar o seu login e senha. 

Use o bom senso. Será que o anúncio de trade parece muito bom (preço muito abaixo do preço de mercado, etc.)? Então provavelmente é um golpe. 

Utilize o serviço de custódia sempre que possível. É fácil enviar seus fundos ou criptomoedas para alguém e nunca mais ouvir falar neles. Para garantir que sua contraparte irá concluir sua parte da negociação, utilize o serviço de custódia para manter os fundos enquanto o trade é processado. A Binance P2P é uma plataforma ponto a ponto com o serviço de custódia que garante que a contraparte complete sua parte da negociação. Obtenha mais informações sobre o serviço de custódia da Binance P2P aqui


2. Hacks

Tudo o que fazemos é digital, o que significa que os ataques digitais estão se tornando mais comuns. Geralmente não compensa para o hacker atacar o próprio marketplace, então, em vez disso, eles visam os usuários do trading. OS hackers atuam de diversas maneiras como malware, keyloggers ou ransomware. No entanto, o objetivo é sempre o mesmo – sua senha semente de recuperação, informações privadas ou seus fundos.


Faça isso para se proteger contra hackers:

Faça trade apenas em dispositivos seguros. Não faça trade usando internet de cafeterias ou em dispositivos compartilhados ou wifi público. Utilize um software de antivírus e sempre o mantenha atualizado. 

Armazene sua senha semente de recuperação offline. Não importa quão bom sejam os hackers, eles não podem roubar o que não estiver em um dispositivo. Utilize um papel ou um backup da semente de recuperação, e não armazene-a de forma digital. 

Não baixe arquivos anexos de remetentes desconhecidos, e não instale softwares desconhecidos. Certifique-se de que o dispositivo que você utiliza para trading está limpo, não baixe softwares de torrents, e não abra arquivos de remetentes desconhecidos.


3. Lavagem de Dinheiro

Embora muito raro, a lavagem de dinheiro pode ocorrer no trading P2P. Os autores podem usar o trading de P2P para comprar criptomoedas com fundos de atividades ilícitas ou usar criptomoedas obtidas de forma ilegal para venda e receber seus fundos. Os marketplaces centralizados quase sempre impossibilitam esta prática, uma vez que são obrigados por lei a verificar a origem dos fundos de trades suspeitos.


Faça isso para se proteger contra os autores de lavagem de dinheiro:

Faça trade nos marketplaces centralizados com regulamentações KYC e AML. Essa é a forma mais fácil de garantir que sua atividade de trading P2P será conduzida com uma contraparte que possua dinheiro limpo.

Prefira transferência bancária ao dinheiro. Os bancos são organizações financeiras reguladas e podem verificar a fonte dos fundos. O dinheiro recebido via transferência bancária possui uma chance menor de ter uma origem ilícita.


4. Ameaças físicas e atividades criminosas

Este tipo de risco é exclusivo para uma forma de trade P2P - transação em dinheiro. Quando se trata de transação em dinheiro, você precisa se encontrar com a contraparte cara a cara para trocar os fundos e completar o trade. Em diversas regiões esta pode ser a única opção para comprar bitcoin, ou qualquer outra criptomoeda, por P2P. Então, é essencial mencionar os riscos, mesmo que a probabilidade de ocorrência seja baixa.

Faça isso para se proteger de trades em dinheiro cara a cara:

Se encontre em lugares públicos durante o horário comercial. Os lugares públicos são cheios de pessoas, CCTV e geralmente são mais seguros. Evite fazer trading à noite ou em áreas remotas. 

Não vá sozinho quando fizer trade de alto valor. Sempre leve alguém com você ao fazer trade de alto valor, e informe alguém onde você está indo e o motivo.

Não faça trade na sua casa. Por mais seguro que pareça, é crucial proteger sua privacidade. Não encontre a contraparte na sua casa ou em seu local de trabalho.


O conselho mais básico para se manter seguro é ficar esperto. Prevenir é sempre melhor do que remediar, então fique informado e aumente seu conhecimento. Confira as dicas de segurança da Binance Academy para obter mais conhecimento sobre segurança.